Sangramento nasal: o que causa e como evitar?

24 nov, 2021

|

por: Família Respira

Pelo menos uma vez na vida, 60% das pessoas terão um sangramento nasal em algum momento da vida.¹ Mas o que causa o sangramento nasal? Se um dia você já se fez essa pergunta, fique tranquilo, porque ela é extremamente comum e feita aproximadamente duas mil vezes por mês no maior buscador da internet. No artigo de hoje, vamos responder essa e algumas outras dúvidas sobre sangramento nasal. Vamos lá?

Sangramento nasal e epistaxe

O sangramento nasal, também chamado de epistaxe, é caracterizado pela saída de sangue do nariz, geralmente em grande quantidade pelo fato da região ser altamente vascularizada. Devido a sua frequência, é considerada uma das principais emergências otorrinolaringológicas.² Alguns fatores podem aumentar a predisposição destes sangramentos, e vamos conhecê-los a seguir.

O que causa o sangramento nasal?

O sangramento nasal pode ser causado por fatores locais, sendo eles ²:

  • Traumas (dedo no nariz)
  • Corpos estranhos
  • Tumores benignos e malignos
  • Cirurgias nasais, como rinoplastia
  • Deformidades anatômicas, como o desvio de septo
  • Inalação de produtos químicos ou poluentes

Qual doença causa o sangramento nasal?

Além dos fatores locais, citados anteriormente, temos também os fatores gerais, que podem ser doenças que causam o sangramento nasal²:

  • Desnutrição
  • Alergias
  • Infecção
  • Hipertensão arterial não controlada
  • Insuficiência renal ou hepática
  • Hemofilia

Além destas, também podemos incluir na lista de fatores externos o uso de medicamentos, mudanças bruscas de temperatura ou pressão atmosférica, álcool e fumo.

O que fazer quando o nariz está sangrando?

A primeira coisa a se fazer quando o nariz está sangrando, é manter a calma, uma vez que o desespero e a angústia podem fazer o sangramento aumentar. A seguir, realize os procedimentos:²
Sente com a cabeça levemente inclinada para frente e, com os dedos polegar e o indicador, faça uma compressão no nariz tapando-o completamente por 3 a 5 minutos

Durante esse tempo, respire pela boca e, se necessário, cuspa o sangue que chegar à garganta.

Não coloque a cabeça para trás, pois isso fará com que o sangue vá para a região da orofaringe. Ele pode ser engolido e causar vômitos escuros ou ser aspirado pelo pulmão, causando sérias complicações.

Caso não haja uma diminuição ou cessação do sangramento após a manobra, procure o hospital (se mantendo na posição do tópico 1) mais próximo que o médico tomará as devidas providências. O médico especialista (otorrinolaringologista) estará capacitado para agir e decidir o tratamento mais adequado para cada caso.

Existe tratamento para fazer o nariz parar de sangrar?

Epistaxes persistentes podem precisar de cauterização do ponto de sangramento com ácidos ou cautérios elétricos. Porém, existem alguns quadros onde o sangramento é tão intenso a ponto de promover desequilíbrio cardiovascular importante, podendo causar consequências graves e até mesmo a morte. Quando a cauterização não surte o efeito desejado, outras medidas podem ser adotadas, como³: Tamponamento nasal: o tamponamento nasal é um método que procura comprimir o ponto de sangramento por um determinado tempo que pode variar de 1 a 3 dias. O sangramento excessivo pode levar a alterações das funções cardíacas e pulmonares, principalmente em pacientes idosos. Em alguns casos, pode ser necessário a internação, como os de tamponamento posterior. Nos casos de tampão anterior, o paciente costuma ter alta no mesmo dia.

Intervenção cirúrgica: o tratamento cirúrgico, muitas vezes, é a única medida realmente eficaz e que salva a vida do paciente nos casos de Epistaxe Severa. Deve ser realizado por um profissional treinado, em ambiente hospitalar e com a utilização de aparelhos de videoendoscopia. A anestesia geralmente é geral. A cirurgia promove o controle do sangramento na sua fonte, dispensando o uso de tamponamentos.

Como evitar o sangramento nasal

Uma vez que sabemos as principais causas do sangramento nasal, fugir delas o máximo possível é o melhor caminho para evitar que elas aconteçam. Procedimentos de limpeza nasal, tanto interna quanto externa, também são fundamentais para a saúde respiratória. A limpeza nasal interna com os produtos da linha Salsep® auxilia na prevenção e tratamento dos sintomas de gripes, resfriados e outras doenças respiratórias.⁴⁻⁸ Salsep® Lenços Nasais Kids foi desenvolvido para a limpeza nasal externa adequada em bebês e crianças. Os lenços são umedecidos com solução salina e contam com camomila, aloe vera e vitamina E em sua formulação.

Outra forma de cuidado é através da hidratação nasal. Maxidrate® hidrata a mucosa nasal com ação prolongada.⁹ Siga a nossa página no Instagram e tenha mais informações sobre saúde respiratória!

Referências 1 – https://bvsms.saude.gov.br/sangramento-nasal/

2 – https://www.aborlccf.org.br/secao_detalhes.asp?s=49&id=512

3 – https://www.aborlccf.org.br/secao_detalhes.asp?s=51&id=455

4 – Slapak I, Skoupá J, Strnad P, Horník P. Efficacy of isotonic nasal wash (seawater) in the treatment and prevention of rhinitis in children. Arch Otolaryngol Head Neck Surg. 2008;134(1):67–74.

5 – Chirico G, Beccagutti F. Nasal obstruction in neonates and infants. Minerva Pediatr. 2010;62(5):499-505.

6 – Valero A, Navarro AM, Del Cuvillo A, Alobid I, Benito JR, Colás C, et al. Position paper on nasal obstruction: evaluation and treatment. J Investig Allergol Clin Immunol. 2018;28(2):67-90.

7 – Tano L, Tano K. A daily nasal spray with saline prevents symptoms of rhinitis. Acta Otolaryngol. 2004;124(9):1059-62.

8 – Wang YH, Yang CP, Ku MS, Sun HL, Lue KH. Efficacy of nasal irrigation in the treatment of acute sinusitis in children. Int J Pediatr Otorhinolaryngol. 2009;73(12):1696-701.

9 – Maxidrate®. São Paulo: Libbs Farmacêutica Ltda. Bula do medicamento.