Cuidados com a saúde respiratória no inverno

21 jul, 2021

|

por: Família Respira

Uma em cada sete pessoas no mundo possui algum problema respiratório, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Os cuidados com a saúde respiratória são necessários durante todo o ano, mas especialmente no inverno merecem atenção especial. Quer saber quais são os cuidados necessários com a saúde respiratória no inverno? Veja a seguir!

O tempo seco e as doenças de inverno

Dos quatros meses mais secos do ano, três fazem parte do inverno. Não à toa que durante a estação o aumento dos casos de doenças respiratórias é tão significativo, com direito à alerta da OMS para redobrar os cuidados quando a umidade relativa do ar está abaixo dos 20%. As oscilações de temperatura, tempo seco e ausência de chuvas são responsáveis pelo surgimento de diversas doenças nesse período, as chamadas doenças de inverno:

• Resfriado – causado pelo rinovírus, tem como característico ser mais inflamatório, sendo comum dores de garganta, cabeça e coriza.

Gripe – é causada pelo vírus influenza e apresenta sintomas mais fortes que os resfriados, como febre alta, dores no corpo, indisposição e obstrução nasal.

• Rinite – A rinite alérgica é uma inflamação do revestimento interno do nariz e os sintomas têm início minutos após o contato com o alérgeno (substância que provoca a alergia), na maior parte das vezes, poeira doméstica e ácaros.

Sinusite – A sinusite é uma inflamação nos seios da face, quatro cavidades de cada lado, localizadas dentro dos ossos. Essas cavidades são revestidas por uma membrana de tecido que secreta o muco, lubrificante natural das vias aéreas, que é responsável pela remoção das impurezas que respiramos.

Além dessas, podemos citar também: asma, bronquite e faringite.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças respiratórias crônicas são aquelas que atingem as vias respiratórias e outras estruturas dos pulmões. Milhões de pessoas em todo o mundo sofrem com essas doenças.

Cuidados com a saúde respiratória no inverno

Para garantir a saúde respiratória nessa época do ano, algumas dicas são importantes. Com algumas medidas simples, é possível passar por esse período com muita saúde e respirando bem:

• Vacinação contra a gripe: Aplicada anualmente pelo SUS nas unidades de saúde, a vacinação é aplicada em idosos, grávidas e gestantes, profissionais da saúde e outros grupos que você pode consultar aqui.

• Ambientes arejados: Manter os ambientes secos e com boa ventilação ajuda a evitar o surgimento de ácaros e bolor.

• Alimentação saudável e beber muita água: A alimentação balanceada auxilia no fortalecimento do sistema imunológico. A hidratação é muito importante para criar barreiras contra micro-organismos e feridas na região das vias aéreas respiratórias.

Lavagem nasal e hidratação nasal

Realizar o procedimento de limpeza duas vezes ao dia ajuda a manter as narinas hidratadas – de preferência ao acordar e antes de dormir. No entanto, a hidratação com gel nasal é ainda mais certeira, para ajudar a evitar a desidratação. Isso porque o gel permanece na mucosa nasal e promove uma hidratação prolongada do nariz.

Manter o nariz limpo e hidratado o ajuda a desempenhar melhor as suas funções, como a defesa e a filtragem do ar, e ainda ajuda a prevenir os sintomas das sinusites, gripes e resfriados em 40%.

Leia as outras matérias sobre saúde respiratória aqui no blog. Aproveite e siga a página da Família Respira no Instagram para ter acesso a conteúdos exclusivos postados por lá.

Fontes Consultadas:

  1. Fórum Internacional de Sociedades Respiratórias. O impacto Global da Doença Respiratória 2nd ed [internet]. World Health Organization; 2017 [acesso em 20 jul 2021]. Disponível em: https://theunion.org/sites/default/files/2020-08/The_Global_Impact_of_Respiratory_Disease_port.pdf.
  2. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Inversão térmica prejudica a saúde e aumenta problemas respiratórios [internet]. São Paulo; 2003 [acesso em 20 jul 2021]. Disponível em: https://www.aborlccf.org.br/secao_detalhes.asp?s=51&id=451.
  3. Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Respire melhor no inverno [internet]. São Paulo; 2003 [acesso em 20 jul 2021]. Disponível em: https://www.aborlccf.org.br/secao_detalhes.asp?s=51&id=422.
  4. Brasil. O que é a influenza (gripe)? [internet]. [acesso em 20 jul 2021]. Disponível em: https://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/vivamaissus/influenza_interna.html.
  5. Slapak I, Skoupá J, Strnad P, Horník P. Efficacy of isotonic nasal wash (seawater) in the treatment and prevention of rhinitis in children. Arch Otolaryngol Head Neck Surg. 2008;134(1):67–74.
  6. Neves MCD, Romano FR, Filho SG. New Ringer’s Lactate Gel Formulation on Nasal Comfort and Humidification. Braz J Otorhinolaryngol. 2018; 85(6):746-752.
  7. Miyake MAM. Medicamentos intranasais: aspectos a considerar na prática clínica diária. RBM-ORL. 2007;2(3):92-9.
  8. Mello Júnior JF,Mion OG, Andrade NA, Anselmo-Lima WT, Stamm AEC, Almeida WLC et al. Brazilian Academy of Rhinology position paper on topical intranasal therapy. Braz J Otorhinolaryngol. 2013;79(3):391- 400.
  9. Tomooka LT,Murphy C, Davidson TM. Clinical Study and Literature Review of Nasal Irrigation. Laryngoscope. 2000;110(7):1189-93.
  10. Wang YH, Yang CP, Ku MS, Sun HL, Lue KH. Efficacy of nasal irrigation in the treatment of acute sinusitis in children. Int J Pediatr Otorhinolaryngol. 2009;73(12):1696-701.